pandemia do covid-19

SOLIDARIEDADE a outra face do mercado financeiro

setor se mobiliza para minimizar os impactos da pandemia na economia e na sociedade, e iniciativas do bem se multiplicam pelo país

Por Edilma Rodrigues

Creio no direito à solidariedade e no dever de ser solidário. Creio que não há nenhuma ncompatibilidade entre a firmeza dos valores próprios e o respeito pelos valores alheios. Somos todos feitos da mesma carne sofrente. Mas também creio que ainda nos falta muito para chegarmos a ser verdadeiramente humanos. Se o seremos alguma vez...

José Saramago, em Cadernos de Lanzarote.

e há algo positivo na pandemia do novo coronavírus é a solidariedade. Em um momento tão crítico, muitas empresas se mobilizaram para minimizar os impactos que a crise de saúde instaurou no país. No setor financeiro, doações, apoio a pesquisas científicas, aporte de verbas para a compra de diversos insumos necessários a hospitais e de cestas básicas para a população carente estão entre as muitas iniciativas que se multiplicaram pelo Brasil. Algumas inusitadas em termos de gentileza.

Um bom exemplo desse tipo de solidariedade, que de certa forma contradiz Saramago no que tange à dúvida de sermos verdadeiramente humanos alguma vez, pode ser em uma ação, à primeira vista prosaica, do Banco do Brasil. Gerentes e funcionários da instituição ligaram para os clientes, especialmente os mais velhos, para saber se estavam bem no início do isolamento social. Segundo o vice-presidente de agronegócios e governo do BB, João Pinto Rabelo Júnior, a recepção desses clientes foi muito boa e essa é uma prática que o banco deve incorporar ao seu relacionamento com os clientes.

João Pinto Rabelo Júnior, vice-presidente de Agronegócios e Governo do Banco do Brasil

O C6 Bank estimulou seus funcionários, durante a pandemia, a serem mentores de jovens que buscam na tecnologia a solução para problemas em suas comunidades. “Quase cem funcionários se dispuseram a trabalhar em conjunto com esses jovens, on-line, para que eles pudessem desenvolver esses projetos. A iniciativa Desafio Recoders foi criada pela organização social Recode, que existe há 25 anos para transformar realidades por meio do empoderamento digital”, conta a responsável pela comunicação institucional do C6 Bank, Verena Fornetti.

Na lista de iniciativas criativas, está o Agibank, que lançou um serviço de contratação de crédito em domicílio. Já a plataforma PicPay tem sido usada para doações durante as lives solidárias de artistas. O C6 Bank lançou serviços que facilitam a vida de quem está em casa, como a recarga de celular pelo aplicativo e a possibilidade de pagamento no débito em apps como Spotify, iFood e Uber. E a Mastercard fechou parceria com o chef Alex Atala para oferecer em seus canais digitais uma série de conteúdos gratuitos que estimulam as pessoas a adotarem novos hábitos. A iniciativa faz parte da campanha “Crie novos hábitos, comece o que não tem preço”.

A Covid-19 mexeu profundamente com toda a sociedade, que se deparou com medidas duras para manter o isolamento social na tentativa de frear a propagação da doença

Longe das lives, o BB lançou o Programa Ajuda Humanitária – Covid 19 Agricultura Familiar. A ação prevê a compra de alimentos preferencialmente de agricultores familiares e produtores de cinturões verdes, que estão perdendo a produção em razão da quarentena que ocasionou o fechamento de feiras e restaurantes, impossibilitando-os de comercializá-los. Os produtos adquiridos, somados a itens de higiene e limpeza, são transformados em cestas básicas, depois distribuídas a famílias em vulnerabilidade social. Cada família recebe duas cestas, com intervalo de entrega de aproximadamente quinze dias. Rabelo explica que o BB paga um preço justo pelos produtos agrícolas e o próprio produtor entrega as cestas, que são de alta qualidade. “Dessa forma, além de ser remunerado, o agricultor participa do processo de solidariedade”, destaca.

O investimento do BB nesse programa foi de 14,2 milhões de reais, beneficiou 4.059 produtores, que distribuíram 110 mil cestas básicas para 55,6 mil, e impactou 220 mil pessoas, em 19 estados. O vice-presidente de agronegócios e governo da instituição comenta que essas iniciativas nascem com base no monitoramento que o banco realiza de todos os seus clientes. “Fizemos ações para produtores de flores, por exemplo. Os eventos presenciais acabaram. Houve casos em que prorrogamos pagamentos desses empreendedores em 180 dias. Somente no Agro, o BB liberou 19 bilhões de reais em crédito”, assinala.

Impacto econômico da crise na saúde

A Covid-19 mexeu profundamente com toda a sociedade, que se deparou com medidas duras para manter o isolamento social na tentativa de frear a propagação da doença. Como se sabe, os resultados dessas ações, embora recomendados pelas organizações de saúde, foram economicamente devastadores para muitos setores. Em especial, para trabalhadores autônomos e informais; moradores de comunidades; pequenos comércios; microempreendedores individuais (MEIs) e micro e pequenas empresas de muitos segmentos. A interrupção das atividades dessas companhias, do dia para a noite, fez com que esses empreendedores perdessem sua renda. Somem-se a eles diaristas, cabeleireiros, manicures, pedreiros e outros profissionais que, sem poder ter contato físico com outras pessoas, passaram a não ter como sobreviver.

Pesquisa realizada pela SumUp, em abril deste ano, com 12,8 mil microempreendedores, revelou que 84% das empresas declararam não ter nenhuma reserva financeira para reagir à crise motivada pela Covid-19

Pesquisa realizada pela SumUp, em abril deste ano, com 12,8 mil microempreendedores, revelou que 84% das empresas declararam não ter nenhuma reserva financeira para reagir à crise motivada pela Covid-19. A consequência natural desse cenário foi o expressivo aumento na busca por crédito. Percepção compartilhada pelo presidente do Banco Original, Alexandre Abreu: “MEIs – microempreendedores individuais – e microempresas foram muito afetadas pela pandemia, e essas companhias buscaram empréstimos por meio do crédito pessoal”. Segundo ele, a necessidade de crédito aumentou substancialmente: o crédito pessoal era de 30 milhões de reais até fevereiro e, em março, saltou para 70 milhões. Apenas no início de junho, o banco já havia concedido em torno de 50 milhões.

Verena Fornetti, responsável pela comunicação institucional do C6 Bank

Setor reduz taxas e alonga prazos para pagamentos

A concessão de crédito e a extensão dos prazos para pagamentos de dívidas foram medidas adotadas por grande parte das instituições bancárias. O Banco do Brasil, por exemplo, isentou o pagamento de tarifa de contas na função crédito dos cartões Ourocard para empresas de todos os portes. Segundo Rabelo, ao todo, o BB liberou 63 bilhões de reais de crédito novo e prorrogou o pagamento de 68 bilhões.

O Nubank reduziu em 80% a taxa de juros para o parcelamento voluntário em até doze vezes da fatura do cartão de crédito e prorrogou o prazo de vencimento do pagamento da próxima parcela do empréstimo pessoal para 60 dias, sem cobrança de multa e IOF. Na mesma linha, o Original zerou a taxa para pagamento de boleto no cartão de crédito, e o Itaú, além das medidas mais gerais, anunciou em abril a prorrogação de parcelas de empréstimos e financiamentos em até 120 dias no caso de pessoas físicas e em até 180 dias para pequenas e médias empresas.

“O objetivo é dar fôlego aos clientes neste momento e tratar de maneira mais estrutural o endividamento para garantir condições sustentáveis ao longo do tempo, ajustando também condições de prazo, taxas e garantias”

“O objetivo é dar fôlego aos clientes neste momento e tratar de maneira mais estrutural o endividamento para garantir condições sustentáveis ao longo do tempo, ajustando também condições de prazo, taxas e garantias. Até o momento, houve o alongamento de 22 bilhões de reais em dívidas de cerca de 680 mil clientes PF e PMEs. Além disso, houve desembolso de 5 bilhões de reais em crédito adicional a cerca de 308 mil clientes, por conta desse plano”, informa o Itaú.

O destaque na Caixa foi a redução das taxas de juros para a linha de crédito de hospitais e entidades filantrópicas que prestam serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS): as taxas de juros mínimas tiveram diminuição de 0,80% ao mês em operações com prazos de até 60 meses, e de 0,87% ao mês para operações com prazos de 61 a 120 meses.

Alexandre Abreu, presidente do Banco Original

Solidariedade

Além da questão emergencial da disponibilização de recursos para quem precisa, os movimentos de ajuda, capitaneados por diversas empresas do setor bancário e financeiro, foram bem mais amplos, uma vez que a crise sanitária expôs outras necessidades e vulnerabilidades da sociedade.

Nove bancos associados à Febraban formaram um consórcio para garantir uma operação de aquisição de 4,8 mil respiradores por parte do Ministério da Saúde. O Santander doou 5 milhões de testes rápidos e 15 milhões de máscaras, além de respiradores e equipamentos de saúde, em parceria com os bancos Bradesco e Itaú. E promoveu uma edição extraordinária de seu programa Amigo de Valor, que direcionou cerca de 7 milhões de reais em doações de funcionários e da própria instituição para cinco hospitais que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus.

O Conglomerado Banco do Brasil angariou 55 milhões de reais das empresas do Banco, BB Seguros (40 milhões) e Banco BV (15 milhões), 1,5 milhão de doadores institucionais e 726 mil de doações voluntárias para adquirir cestas básicas, material de higiene e limpeza, EPIs, bem como doações para hospitais de campanha. Na campanha Proteja e Salve Vidas, foram atendidas mais de 1,2 milhão de pessoas e o Programa Arrecadação Solidária, acordo de cooperação técnica com a Casa Civil, que arrecadou 11 milhões de reais, apoia instituições de longa permanência para idosos; 50 entidades cadastradas na plataforma do Programa Pátria Voluntária, que presta atendimento a povos ribeirinhos, entre outras.

“A corrente de solidariedade que começa a aparecer é um movimento interessante, juntamente com o aumento da importância da família, dos amigos, da vida”

O C6 Bank lançou na loja virtual do Átomos, seu programa de fidelidade, a possibilidade de trocar pontos do cartão de crédito (e de débito) por doações de frascos de álcool em gel, em uma parceria do C6 Bank com o governo do Estado de São Paulo. “Também incentivamos a troca de pontos por cestas básicas para famílias assistidas pela Fundação Amor Horizontal. O incentivo à doação aconteceu igualmente por meio do aplicativo Todos Unidos, construído por funcionários do banco para unir quem está disposto a doar e quem precisa de ajuda”, conta Verena.

O Itaú doou 150 milhões de reais para diversas iniciativas relacionadas à infraestrutura hospitalar, compra de equipamentos, cestas de alimentação e kits de higiene, de forma a apoiar as comunidades vulneráveis e ajudar na contenção e tratamento dos infectados pelo coronavírus. Mais 5 milhões de testes rápidos para o Ministério da Saúde em parceria com Bradesco e Santander e 1,3 bilhão de reais, com destaque para a criação do “Todos pela Saúde”, financiado com a doação de 1 bilhão de reais para combater a Covid-19. 

“Preferiríamos as dificuldades anteriores a ter que passar pela pandemia. A esperança que fica nesse momento é de que as pessoas se tornem mais solidárias. A corrente de solidariedade que começa a aparecer é um movimento interessante, juntamente com o aumento da importância da família, dos amigos, da vida. As empresas fazem parte desse ecossistema e precisam ter essa nova mentalidade e atitudes diferentes em relação à sociedade como um todo”, conclui o presidente do Banco Original.

Bancos, fintechs, instituições de pagamento e outros atores do setor financeiro, alguns em ações conjuntas, outros isoladamente, se mobilizaram para ajudar nas mais diversas frentes. O mapeamento a seguir traz algumas dessas iniciativas.

Instituições

INICIATIVAS

Agibank

CUIDADO COM COLABORADORES: Colaboradores puderam optar por migrar o Vale Refeição para Alimentação. Foi criado um espaço de conteúdo totalmente direcionado à segurança e a cuidados com a saúde física e emocional de todos e serviços de orientação e rede de atendimento médico em todo o Brasil. Novo seguro de vida, que oferece cobertura para a pandemia e 150 reais mensais para compra de medicamentos em farmácias, para uso em casos de consulta de emergência ou pós internação hospitalar.

ATENDIMENTO: Manutenção da operação dos seus 604 pontos de atendimento, seguindo todos os protocolos de segurança para proteção de seus colaboradores e clientes. Equipe exclusiva na central de atendimento para dúvidas e renegociações. Os clientes tiveram acesso ao auxílio emergencial do Governo Federal. Foram centenas de contas recebendo o benefício já nos primeiros dias.

CRÉDITO: Refinanciamento de empréstimo direto pelo telefone, caixa eletrônico e aplicativo. Para os clientes com a fatura do cartão de crédito em dia, possibilidade de parcelamento da fatura via aplicativo, com juros reduzidos para 1.99% a.m.; concessão de limites de cartão de crédito para clientes que até então não tinham essa condição; serviço de contratação de crédito a domicílio.

Banco do Brasil

DOAÇÃO: Doação de cerca de 650 bens móveis usados e eletroeletrônicos para a Universidade de Brasília (UnB), para instalação da Unidade de Inteligência Cooperativa para Enfrentamento da Covid-19. O Conglomerado BB destinou R$ 88,2 milhões, sendo a Fundação Banco do Brasil responsável pela distribuição de R$ 68,2 milhões em doações recebidas para o combate aos efeitos da pandemia. Doação de R$ 55 milhões das empresas do Banco, BB Seguros (R$ 40 milhões) e Banco BV (R$ 15 milhões), R$ 1,5 milhão de doadores institucionais e R$ 726 mil de doações voluntárias para comprar cestas básicas, material de higiene e limpeza, EPI, e doar para hospitais de campanha. Na campanha – Proteja e Salve Vidas foram atendidas mais de 1,2 milhão de pessoas nas cinco regiões do país. A Elopar doou R$ 20 milhões que não serão operacionalizados pela FBB. Programa Arrecadação Solidária, acordo de cooperação técnica com a Casa Civil, que arrecadou R$ 11 milhões. Estes recursos estão sendo destinados a Instituições de Longa Permanência para Idosos, a 50 entidades cadastradas na plataforma do Programa Pátria Voluntária, que receberão até R$ 15 mil e ação destinada ao atendimento a povos ribeirinhos. O Programa Ajuda Humanitária compra alimentos preferencialmente de agricultores familiares e produtores de cinturões verdes que estão perdendo a produção em razão da quarentena para montar e doar cestas básicas que são distribuídas às famílias em vulnerabilidade social. Estados atendidos: AL, AM, BA, GO, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PR, RJ, RO, RN, RS, SC, SE, SP, TO.

CUIDADO COM COLABORADORES: Dos 90 mil funcionários, 35 estão em home office.

CRÉDITO: Prorrogação de vencimento de parcelas para PJ, em diversos tipos de operações (BB Giro Digital, BB Giro Empresa, BB Giro Corporate, BB Giro Cartões, BB Giro Rápido, BB Giro Mix Pasep, BB Giro Reperfilamento, BB Financiamento PJ). Para pessoas físicas, o banco repactuou operações de crédito de diversos tipos de operações (Crédito Veículo, Crédito Imobiliário, Crédito Pessoal). O banco tem divulgado e incentivado o uso dos canais digitais, no intuito de diminuir o atendimento presencial nas agências. Estão previstas ações publicitárias de maior porte referentes a soluções digitais e meios de pagamento.

Banestes

CUIDADO COM COLABORADORES: Implementou soluções tecnológicas para incrementar a capacidade de trabalho em Home Office, o atendimento digital aos clientes e a continuidade das operações. Destacam-se o uso de VPN (rede privada virtual) e VDI (infraestrutura de virtualização de estações de trabalho) para o acesso seguro dos colaboradores em teletrabalho aos sistemas do banco, aquisição de novos notebooks e smartphones para o atendimento remoto, publicação de novos serviços na web e a ampla adoção de reuniões por meio de videoconferência.

ATENDIMENTO: Implantação de sistema de aprovações digitais para facilitar a contratação de produtos e serviços pelos clientes

Banrisul

DOAÇÃO: Oferta de condições diferenciadas de renegociação, menos restrições relacionadas a impedimentos e pendências e a ampliação de produtos e serviços nos canais eletrônicos, para minimizar a necessidade de comparecimento físico às agências. Como exemplo dessas iniciativas citamos: linhas de repactuação de operações de crédito geral, consignado, crédito imobiliário, agronegócio e operações de longo prazo; compromisso de não negativação de clientes no SPC e Serasa; ampliação do limite de movimentação de valores nos canais digitais, ampliação do limite do banricompras, ampliação no limite de valores de saques nos caixas automáticos, isenção de tarifas mensais aos Ecs; pagamento do auxilio emergencial Covid 19, dentre outras medidas.

BASA

CUIDADO COM COLABORADORES: Colaboradores puderam optar por migrar o Vale Refeição para Alimentação. Foi criado um espaço de conteúdo totalmente direcionado à segurança e a cuidados com a saúde física e emocional de todos e serviços de orientação e rede de atendimento médico em todo o Brasil. Novo seguro de vida, que oferece cobertura para a pandemia e 150 reais mensais para compra de medicamentos em farmácias, para uso em casos de consulta de emergência ou pós internação hospitalar.Os empregados deverão utilizar sempre máscaras faciais descartáveis ou de tecidos. O Banco disponibilizou para todos os empregados máscaras de tecido que deverão ser higienizadas. Cada gestor deve acompanhar a situação de saúde dos empregados de sua Unidade, conscientizando-o sobre a necessidade de comunicação ao gestor imediato a existência de sintomas, ainda que leves, característicos do coronavírus. Antecipação de férias para empregados do grupo de risco. Home office de 80% dos empregados de TI e 55% do quadro ativo. Benefícios de saúde, medicamentos, telemedicina ampliados.

CRÉDITO: Ampliação do crédito para capital de giro para as MPEs; prorrogou contratos do FNO por 1 ano e de contratos de outras fontes por até 6 meses; criou plataforma digital de renegociações suspensão de parcelas; criou linha de FNO Giro Emergencial para atendimento a empresas em dificuldades em razão da pandemia; lançou o Aplicativo Sua Conta BASA para fornecer crédito para PJ e PF de forma remota; prorrogou as linhas do programa Amazônia Florescer MPO e ampliou o prazo para as linhas de capital giro com maior carência e prazo, incluído dos contratos de MPO.

Bradesco

DOAÇÕES: Contribuição, em conjunto com outros bancos, para aquisição e doação de 5 milhões de kits para aplicação de testes rápidos, 30 tomógrafos computadorizados, 30 equipamentos PCR para diagnósticos em tempo real e 15 milhões de máscaras, para atender diretamente ao Ministério da Saúde, e Secretarias Estaduais de Saúde. Construção do Hospital de Campanha – Lagoa Barra (RJ); Doação realizada em conjunto com outras empresas de 26 mil testes que devem ser direcionados, principalmente, aos profissionais de saúde; Reforma, aquisição de equipamentos e climatização de leitos de UTI, em hospital e Santa Casa; 500 monitores de paciente multiparâmetro.  Apoio no desenvolvimento por cientistas na Produção de respiradores a baixo custo. Formou um consórcio com outros oito bancos associados à Febraban para garantir uma operação de aquisição de 4.800 respiradores por parte do Ministério da Saúde.

ATENDIMENTO: Além das agências, o banco conta com uma estrutura de atendimento de 36 mil gerentes de conta equipados e prontos para a realização de negócios e transações, oferecendo consultoria a clientes por áudio ou videoconferência, auxiliando a vida financeira dos clientes e apoiando com crédito e alongamento de dívidas.

CRÉDITO: Novas alternativas para adiar o pagamento de parcelas de empréstimos e financiamentos, proporcionando opções de reorganização financeira com condições diferenciadas e liberação direto pelo app. Prorrogação em até 60 dias de pagamento das parcelas de empréstimos e financiamentos para clientes em dia ou em atraso de até 59 dias, com taxa de juros do contrato original mantida após o recálculo de parcelas.  Financiamento de folhas de pagamento para  pequenas e médias empresas por meio do Programa Emergencial de Suporte a Emprego (PESE), com 6 meses para vencimento da primeira parcela, prazo de 30 meses para pagamento com taxas de juros de 3,75% a.a. Linhas de capital de giro para apoiar grandes empresas em sua necessidade imediata de caixa.

BRB

DOAÇÕES: Criou o programa Supera DF, centralizado em três áreas de apoio, cuidado à saúde, estímulo à atividade econômica e proteção social. 

CUIDADO COM COLABORADORES: Adoção do teletrabalho para mais de 70% dos colaboradores lotados na Direção Geral; Isolamento profilático para grupos com sintomas, suspeitos e com histórico de viagem internacional e casos suspeitos; teletrabalho para grupos de risco, pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados; Suspensão de cursos presenciais, viagens a serviço, ginástica laboral, registro de ponto por biometria; Reforço nas medidas de higiene; Monitoramento pela área de qualidade de vida dos empregados, com pesquisa eletrônica constante, para acompanhar a saúde e dar orientações médicas pontuais e imediatas aos empregados em teletrabalho, que tenham sido afastados preventivamente e/ou por doenças respiratórias; Fechamento de agências em locais de maior risco; Abertura da Clínica Saúde BRB aos finais de semana para atendimento aos funcionários. Antecipação de férias dos funcionários que quiserem; Dispensa de estagiários e aprendizes até o término do período de quarentena, sem redução dos rendimentos; Pagamento de Bolsa Alimentação Escolar aos estudantes do Ensino Médio e Fundamental de famílias beneficiadas do Bolsa Família

ATENDIMENTO: Pagamento de Bolsa Alimentação Creche às crianças de famílias beneficiadas do Bolsa Família matriculadas em creches públicas; Programa Renda Mínima é um auxílio emergencial, como medida de proteção social, concedido para maiores de 18 anos com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar mensal de até 3 salários mínimos; Farmácia de Alto Custo – Em parceria com a Secretaria de Saúde, o BRB vai garantir a entrega de remédios da farmácia de alto custo, evitando assim que idosos e pacientes crônicos saiam de casa nesse período.

CRÉDITO: Reduziu a taxa de juros de todos os tipos de crédito e os clientes adimplentes até 18/03 podem optar por suspender por até 90 dias, as parcelas dos financiamentos. 

C6 Bank

DOAÇÕES: Incentivo a doação. Em abril, lançou na loja virtual do Átomos, arrecadou mais Incentivo à troca de pontos por cestas básicas para famílias assistidas pela Fundação Amor Horizontal, que também acontece por meio do aplicativo Todos Unidos, construído por funcionários do banco. Até o final de maio, o app tinha 145 projetos.

CUIDADO COM COLABORADORES: Cerca de 95% dos funcionários estão em home office e 92% dos agentes parceiros na área de atendimento.

ATENDIMENTO: Lançou serviços que facilitam a vida de quem está em casa como recarga de celular pelo aplicativo e a possibilidade de pagamento no débito em apps como Spotify, iFood e Uber.

CRÉDITO: Reduziu a taxa de parcelamento da fatura do cartão, fez o estorno integral dos pontos para quem resgatou passagens no seu programa de fidelidade, isentou a cobrança do aluguel da maquininha por um período, além de reduzir taxas para operações no crédito.

CAIXA

CUIDADO COM COLABORADORES: Incluiu o teste para detecção do novo coronavírus no plano de Saúde, antecipou a vacinação 2020 contra a gripe, disponibilizou a modalidade de teleorientação médica para todos os seus empregados. Antecipou o crédito do 13º salário dos adolescentes e jovens vinculados ao Programa de Aprendizagem CAIXA, representando um repasse de mais de R$ 3,4 milhões. Com um público composto de jovens entre 15 e 19 anos em situação de vulnerabilidade social, cuja renda per capita familiar é de no máximo meio salário mínimo, cada um dos mais de 4 mil colaboradores receberam entre R$ 397,00 e R$ 954,00.

CRÉDITO: Disponibilizou mais de R$ 154 bilhões, dos quais R$ 60 bi foram para capital de giro de micro, pequenas e médias empresas; R$ 43 bilhões direcionados para o crédito imobiliário; R$ 40 bilhões para a compra de carteiras, R$ 6 bilhões para o crédito agrícola e R$ 5 bilhões para crédito às Santas Casas. Redução da taxa de juros dos seus principais produtos, como cheque especial, de 4,95% para 2,90% a.m., para pessoas físicas que sejam clientes com crédito do salário na CAIXA. Parcelamento da fatura do cartão de crédito passou de uma taxa média de 7,7% a.m. para taxas a partir de 2,90% a.m. Redução das taxas de juros para a linha de crédito que tem como público-alvo os hospitais e entidades filantrópicas que prestam serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS), para 0,80% a.m., em operações com prazos de até 60 meses, e de 0,87% a.m. para operações com prazos de 61 a 120 meses. Aumentou o volume de empréstimos para os Estados e Municípios.

Cartão Carrefour

DOAÇÕES: Redução da taxa de juros para 5,99%. Durante a pandemia, não haverá a cobrança de IOF.

Cielo

DOAÇÕES: Doação de R$ 20 milhões à Fiocruz para a produção de um milhão de kits de diagnósticos rápidos, destinados ao Ministério da Saúde. 

ATENDIMENTO: A empresa adaptou suas maquininhas para aceitar pagamento com cartão virtual da Caixa.

Itaú

DOAÇÃO: O Itaú doou R$ 150 milhões para diversas iniciativas relacionadas à infraestrutura hospitalar, compra de equipamentos, cestas de alimentação e kits de higiene, de forma a apoiar as comunidades vulneráveis e ajudar na contenção e tratamento dos infectados pelo coronavírus. Mais 5 milhões de testes rápidos para o Ministério da Saúde em parceria com Bradesco e Santander e R$ 1,3 bilhão, com destaque para a criação do “Todos pela Saúde”, iniciativa que será financiada com a doação de R$ 1 bilhão e visa combater a COVID-19 e seus efeitos sobre a sociedade brasileira. 

CUIDADO COM COLABORADORES: Investimentos em tecnologia e infraestrutura para colocar 95% dos colaboradores da administração central, centrais de atendimento e agências digitais em home office. Redução do quadro de atendimento presencial e aumento do espaçamento entre as pessoas nas centrais de atendimento. Reduziu em 94% a média de circulação de pessoas nos polos administrativos, que passaram a trabalhar de casa. Incentivo à autodeclaração dos colaboradores que se consideram no grupo de risco e aqueles que não podem trabalhar de forma remota foram colocados em férias. Antecipação integral do 13º salário. Contato por e-mails, portal interno de colaboradores e vídeos semanais feitos pelo Presidente e CEO Candido Bracher sobre novidades da COVID-19. Suspensão de demissões durante o período de crise a não ser por razões de faltas éticas graves.

CRÉDITO: Prorrogação em 60 dias do pagamento de parcelas de empréstimos em dia, mantendo a mesma taxa contratada inicialmente. Em abril, estendeu o prazo de prorrogação de parcelas de empréstimos e financiamentos em até 120 dias no caso de pessoas físicas e em até 180 dias para pequenas e médias empresas. Os prazos dos contratos de empréstimos  podem ser alongados para até 6 anos para pessoas físicas e até 5 anos para pequenas e médias empresas. Nesse período, aproximadamente 850 mil contratos já foram repactuados. Disponibilização gratuita de maquininhas adicionais da Rede para os clientes por 60 dias. Até 3 maquininhas adicionais da Rede sem aluguel por 60 dias.

Itaúsa

DOAÇÃO: A Itaúsa, holding de investimentos que tem em seu portfólio empresas como Itaú Unibanco, Duratex, Alpargatas e NTS, fará doação de R$ 50 milhões para combater os efeitos do coronavírus no País. Adicionalmente, as famílias Villela e Setubal, acionistas controladores da Itaúsa, também doarão outros R$ 50 milhões para contribuir com os esforços de combate à pandemia. A doação total de R$ 100 milhões será destinada ao programa Todos pela Saúde, projeto lançado em abril com doação de R$ 1 bilhão pelo Itaú Unibanco, com o objetivo de combater os efeitos da covid-19 sobre a sociedade brasileira.

Mastercard

DOAÇÃO: Doação de 2 milhões de refeições via organizações não governamentais para comunidades carentes em combate à fome e à pobreza. Parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates e a Wellcome para acelerar o desenvolvimento e o acesso a terapias para tratamento do coronavírus. As 3 organizações assumiram o compromisso de alocar até US$ 125 milhões em financiamento para acelerar a resposta à epidemia de coronavírus, testando e desenvolvendo em escala e tratamentos para combatê-la. Os funcionários da Mastercard se engajaram no programa de doações para ajudar comunidades em todo o mundo. A  empresa fechou parceria com o chef Alex Atala para oferecer em seus canais digitais uma série de conteúdos gratuitos que estimulam as pessoas a adotarem novos hábitos.

Nubank

DOAÇÃO: Criou um botão de doações em seu app para o combate à covid-19. Os clientes podem usar o cartão de crédito no app para doar para quatro organizações: Action Aid, Ação da Cidadania, Cruz Vermelha Brasileira e Hospital das Clínicas de São Paulo. Quando o volume total doado pelos clientes chegar a R$ 100 mil (independentemente para quais institutos doarem), o Nubank vai desembolsar R$ 400 mil (R$ 100 mil para cada uma das organizações), totalizando R$ 500 mil doados. A fintech também criou um fundo de apoio de R$ 20 milhões para beneficiar milhares de consumidores com entrega de alimentos e produtos de primeira necessidade, além de apoio médico e psicológico.

CRÉDITO: Reduziu em 80% a taxa de juros para o parcelamento voluntário em até 12 vezes da fatura do cartão de crédito e prorrogou o prazo de vencimento do pagamento da próxima parcela do empréstimo pessoal para 60 dias, sem cobrança de multa e IOF.

Original

DOAÇÃO: Doou R$ 60 para aproximadamente 40 mil pessoas que receberam o auxílio emergencial por meio da instituição, juntamente com o crédito da primeira parcela do benefício. Também doará 10% a mais na restituição do IR em caso de recebimento pelo banco.  

CRÉDITO: Zerou as taxas para pagamento de boleto no cartão de crédito; reduziu juros para o parcelamento voluntário do cartão de crédito; concedeu prazo de 90 dias para parcelamento de saldo de contratos e para pagamento de parcela de renegociação de dívidas. Reduziu as taxas de parcelamento da fatura de cartão de crédito.

PicPay

DOAÇÃO: Criou uma central de doações para ajudar organizações e entidades que atuam no combate ao novo coronavírus (covid-19). Além do valor doado, é possível escolher para quem vai o dinheiro. Apoio à iniciativa Mães da Favela, que arrecada fundos para o amparo das moradoras das favelas em meio ao combate à pandemia do COVID-19. Serão distribuídas bolsas de R$120,00 para 5 mil mães de 12 estados brasileiros. Ajude-nos a expandir essa causa. Doações para a @CUFA – Central Única das Favelas, por meio da Central de Doações PicPay. Recebimento do auxílio-merenda para estudantes. Sua plataforma é usada para doação durante as lives solidárias de artistas 

Santander

DOAÇÃO: Destinou mais de R$ 600 milhões a iniciativas de solidariedade para combater a pandemia. Os fundos estão sendo utilizados em todos os mercados onde o banco está presente para a compra de equipamentos médicos e o apoio a pesquisas realizadas por universidades e outras instituições ligadas à ciência e à saúde. Doações de cerca de R$ 75 milhões para compra de materiais e equipamentos de saúde. Nesse valor, inclui-se o apoio de mais de 12 mil funcionários que doaram voluntariamente R$ 3,5 milhões. O Banco usou recursos próprios para dobrar o volume, que ultrapassou R$ 7 milhões. Santander Brasil e Vivo se uniram para realizar a importação de 200 respiradores da China. A destinação dos equipamentos tem apoio técnico e logístico do programa Todos pela Saúde.

CUIDADO COM COLABORADORES: Ações preventivas, com inclusão de telemedicina subsidiada. Migração  parcial para o home office e antecipação do 13º salário para todos. Direcionamento do programa de voluntariado para auxiliar ex-funcionários com mais de 70 anos.

CRÉDITO: 10%+ no limite de cartões, rolagem de dívidas por 60 dias, parcelamento de fatura, três meses de carência e ofertas específicas a microempresas e profissionais de saúde.

Saque e Pague

DOAÇÕES: A Saque e Pague lançou a campanha #SomosDoBem, que permite às pessoas realizarem doações diretamente para a Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande Sul (RS) por meio dos terminais de autoatendimento da rede. Essa é mais uma iniciativa da companhia para contribuir com a redução dos impactos da pandemia da COVID-19 na população, e teve início em 12 de junho.

Sicredi

DOAÇÕES: Ações de apoio local, doações, podcasts diários no site do Sicredi sobre projeções econômicas, posicionamento institucional sistêmico. Desenvolvimento de estratégias para que o Sicredi siga apoiando as comunidades onde atua e possa ser um vetor da retomada da economia no momento de pós-pandemia.

CUIDADO COM COLABORADORES: Prover  informação, orientação e suporte

ATENDIMENTO: Implementação de novos canais e opções de atendimento para os associados e ajuste nos formatos das assembleias.

CRÉDITO: Negócio: tratativas diretas e emergenciais com órgão reguladores, ampliação das linhas de crédito, renovações automáticas, análises caso a caso da situação de associados.

SumUp

DOAÇÕES: Em menos de 40 dias, a empresa elaborou e colocou no ar a funcionalidade de e-commerce no aplicativo SumUp, que permite a criação de loja online de seu comércio, compartilhando link de acesso ao catálogo de produtos por aplicativos de mensagens instantâneas, SMS e redes sociais. Desenvolveu o sistema vale-compra, que permite ao pequeno negócio comercializar antecipadamente produtos e serviços para serem consumidos após o período de quarentena. E produz  conteúdo diário nas redes sociais, no blog Dono do Negócio e desenvolveu o portal “Iniciativas que Ajudam”. No website, além de informações sobre ações do governo para auxiliar o microempreendedor, a SumUp estabeleceu parcerias com instituições educacionais que garantem até 20% de desconto em cursos livres, MBA e cursos rápidos. Os clientes também podem acessar gratuitamente, por 30 dias, os aplicativos Storytel, Zen e Arquivei.

Super Troco

DOAÇÕES: Convocou consumidores a participarem do apoio solidário na luta contra a COVID-19. Uma iniciativa que envolve o estímulo à doação de pontos acumulados e que vão expirar, os quais serão utilizados para a compra de cestas básicas distribuídas às famílias carentes impactadas pelo isolamento social, além de EPIs – máscaras e protetores faciais para profissionais da saúde.

Ticket

DOAÇÕES: Parcerias para a viabilização da oferta de cestas básicas digitais à população em situação de vulnerabilidade social em todo o Brasil. O objetivo é que a experiência vivenciada pela Ticket possa inspirar a busca de soluções para o enfrentamento da pandemia, bem como estimular novas conexões entre organizações não governamentais e empresas em benefício da sociedade.

Visa

DOAÇÕES: Visa Concierge oferece curadoria de serviços digitais e conteúdos relevantes para quem está em casa. O programa Visa Causas, que possibilita aos consumidores cadastrados apoiarem causas sociais a cada pagamento realizado com cartões Visa, vai dobrar as doações para as duas instituições que se dedicam aos idosos: “Grupo Vida Brasil” e “Velho Amigo”.

Rolar para cima